Buscar
  • Vereador Marco Barbosa

Casos de Covid-19 entre servidores da Prefeitura serão investigados por inquérito civil

Atualizado: Jul 29


O Ministério Público do Trabalho deferiu a instauração de um inquérito civil para apurar a insuficiência das ações adotadas pela Prefeitura de Cachoeirinha para evitar a disseminação e contaminação pelo novo Coronavírus entre os servidores da Guarda Municipal. No dia 9 de julho, o vereador Marco Barbosa teve seu acesso negado na sede da Guarda Municipal, quando foi averiguar denúncias de que servidores infectados estavam sendo obrigados a trabalhar, inclusive no contato ao público.


O Ministério Público do Trabalho destaca que não houve, por exemplo, a adoção do teletrabalho e cita que outras secretarias, como a de Infraestrutura e Serviços Urbanos, Meio Ambiente e Saúde também tiveram servidores infectados, bem como 17 casos na sede do Executivo. A Prefeitura terá que comprovar para o Ministério Público do Trabalho se medidas de prevenção foram adotadas, apresentando protocolos de prevenção, recibos de entregas de EPIs e fotografias dos locais de trabalho.


"Meu trabalho é fiscalizar e agir pelo bem comum, sempre dentro da lei. É assim que pauto minha atuação como vereador", frisa Marco Barbosa.

44 visualizações

© Todos os direitos reservados a Marco Barbosa